quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Conheça o Pinhão Manso o arbusto que deverá ser o combustível de Iguatu para o Mundo

Pinhão Manso poderá modificar cenário econômico de Iguatu

Desde que chegou dos Estados Unidos o prefeito Agenor Neto sempre que possível está falando sobre a usina de Biodiesel que poderá ser instalada em Iguatu, onde a produção de combustível irá se dar através do Pinhão Manso, o Blog de Iguatu, realizou uma pesquisa sobre este arbusto e descobriu que o mundo já está de olho nesta planta que definitivamente poderá modificar o cenário econômico de Iguatu, veja logo abaixo algumas informações sobre o Pinhão Manso.

Vantagens:

• Severo na natureza; pode crescer e sobreviver com poucos cuidados em terra marginais (de pouco fertilidade).
• Crescimento rápido e planta de vida longa.
• Planta de fácil de propagação.
• Sementes não comestíveis (tóxica), nem levadas por pássaros ou animais.
• Suportou com sucesso secas em Orissa, Índia.
• Biodiesel produzido foi testado analiticamente por DaimlerChrysler e recebeu status de promissor.
• Controle de erosão (redução da erosão do vento ou da água).
• Melhoria da fertilidade do solo.
• Aumento da renda para produtores rurais.
• Redução da saída de dinheiro das áreas rurais para os centros urbanos.
• Produção de energia nas áreas rurais.
• A torta é muito valiosa como adubo orgânico e fertilizante.
• Planta altamente adaptável, com grande habilidade para crescer em locais pobres, secos.

Outros países cultivam o Pinhão Manso:

O pinhão-manso é cultivado em vários países de clima tropical e sub-tropical.

Na Índia, o pinhão-manso está sendo pesquisado e seu cultivo estimulado, como parte do programa nacional de produção de biodiesel, que poderá torná-lo o principal produtor dessa planta no mundo.

Em vários países africanos, como Cabo Verde, Angola, Guiné, Moçambique, Zimbábue, é cultivado para produção de sabão e como cerca-viva. Nos últimos anos seu plantio tem sido estimulado com a finalidade de produzir biodiesel.

Também são encontrados cultivos em países latinos (México, Porto Rico, Nicarágua, Honduras, Guatemala , Venezuela, El Salvador), nas Filipinas e na China. Também existem programas de incentivo do cultico dessa planta no Egito e no Nepal.

Com o aumento do interesse no óleo de pinhão-manso para produção de biodiesel, certamente haverá um incremento na área plantada nesses países que já o cultivam, e outros países se tornarão produtores.



Sementes para a extração do óleo

A casca preta da semente de pinhão-manso é sua proteção. A exemplo das sementes de mamona, que podem ser estocadas por mais de um ano, acredita-se que seja viável estocar as sementes de pinhão-manso até o final da próxima colheita.

No entanto, no debulhamento mecânico, observa-se a danificação da casca em, aproximadamente, 20% das sementes, que julgamos não ser o motivo para a oxidação das sementes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails