quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Vídeo: veja as obras do canal do Bairro Paraná

Chacina de Iguatu: Processo se arrasta e ex-PM ainda impune

Um ano e sete meses depois de um crime que chocou a população cearense, e em especial, a da Região Centro-Sul do Estado, o autor permanece impune. O ex-capitão da Polícia Militar, Daniel Gomes Bezerra, ainda não foi julgado. E o pior: mesmo tendo sido expulso da corporação, e se tornado um civil, permanece detido num quartel da PM, em Fortaleza, com regalias de oficial. A denúncia foi feita ao Diário do Nordeste, na última segunda-feira, pelo médico Nélson Benevides Teixeira e sua esposa, Célia Moema Moreno Teixeira, pais dos jovens Marcelo e Leonardo Moreno Teixeira, ambos acadêmicos de Medicina, assassinados, a tiros, pelo ex-capitão Bezerra, em Iguatu. Indignados diante do quadro de impunidade e das regalias que o acusado vem desfrutando, o médico e esposa apelam à Justiça para que o ex-capitão seja transferido para um presídio comum e que seja levado a julgamento. Pedido neste sentido, também já foi feito pelo assistente da acusação, advogado criminalista Paulo Quezado. O promotor de Justiça da 1ª Vara de Iguatu, Antônio Monteiro, confirma que há demora na conclusão do processo. Irritado, o representante do Ministério Público apontou como principal causa as manobras realizadas pela defesa do acusado. “O atraso é decorrente da forma como a defesa está atuando, que relacionou testemunhas de outros Estados e até insistiu em ouvir testemunha de acusação que a Promotoria pediu dispensa e que houve dificuldade de localização”, afirmou. “É uma clara estratégia para retardar o processo.” Demora Monteiro disse esperar que o juiz da 1ª Vara, Wotton Ricardo Pinheiro da Silva, não aceite as manobras da defesa. “Espero que o Poder Judiciário seja hábil para coibir essas manobras, tentando arrastar o processo por um longo tempo”, observou. Em face da expulsão do PM, o promotor também requereu a transferência do réu para um presídio comum. “Há várias decisões do STJ contrárias a permanência de PMs expulsos, em unidade militar”. O juiz Wotton Pinheiro disse que compreende a dor dos pais das vítimas, mas que tem de zelar pela legalidade dos atos processuais. “Não me chateio com essas cobranças. Dou prioridade aos processos criminais com réus presos”. Segundo ele há cerca de quatro mil ações em tramitação na Vara, que não dispõe de juiz auxiliar.
Fonte: DN

Bar Panela de Barro foi roubado nesta madrugada

Na madrugada de hoje, 22/10, por volta das 00:30 horas, a Polícia Militar compareceu ao Bar Panela de Barro, que fica localizado na Av. Marechal Castelo Branco, nesta cidade de Iguatu/CE, por ocasião de um roubo ao referido estabelecimento, de propriedade da pessoa de ELIANE TEIXEIRA CRUZ, casada, comerciante, 39 anos, natural de Iguatu/CE, a qual estava no seu estabelecimento, com alguns clientes, quando um elemento ( segundo a vítima, o suspeito era baixo, magro e estava trajando camisa branca e short azul) chegou a pé e, com um revólver em punho, anunciou o roubo, subtraído da referida a quantia de aproximadamente R$ 400,00(quatrocentos reais), bem como um talão de cheques e cartões de crédito da referida. Logo após a prática do delito, o infrator fugiu a pé, tomando rumo desconhecido. A Polícia Militar compareceu ao local, colheu as informações possíveis e efetuou diligências, no sentido de identificar e prender o infrator, mas, até o momento, não foi obtido êxito na operação.

Estabelecimento comercial é furtado em Iguatu

No dia 21/10/08, às 08:00 horas, a Polícia Militar foi acionada a comparecer na rua Santana Montenegro, s/n, na "barraca do caldo", ao lado do Terminal Rodoviário, estabelecimento este que fora arrombado durante a madrugada. A proprietária, Raimunda Maria da Silva Santos, 63 anos, viúva, comerciante, informou que como produto do furto, foram levados um aparelho de TV e um receptor de parabólica. Os infratores adentraram ao estabelecimento depois de haverem arrombado o portão da frente. A Polícia Militar compareceu ao local, colheu informações acerca do delito e iniciou diligências no intuito de chegar à autoria da infração.

Mulher é presa por porte ilegal de arma em Lavras da Mangabeira

Nesta terça-feir, 21/10, por volta das 10:20 horas, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima acerca de uma mulher que estaria armada de revólver e tentaria contra a vida de seu namorado. A polícia deslocou-se até o sítio Volta dos Duetos, distante 03 KM da sede do município, onde se daria a ocorrência. Com a chegada da polícia foi confirmada a denúncia e presa com um revólver calibre 22, de marca Rossi, de numeração 6163 e com quatro cartuchos intactos, Maria Soledônia Ferreira Paula, 32 anos, solteira, natural de Lavras da Mangabeira e residente no local da prisão. A Polícia Militar compareceu ao local da ocorrência, prendeu a infratora, apreendeu a arma e os connduziu à delegacia de Icó para a adoção das medidas cabíveis.

PM prende consumidores de maconha em Quixelô

No dia de ontem, 21/10, por volta das 11:30 horas, a Polícia Militar recebeu denúncia anônima dando conta de três pessoas que estavam fumando maconha na rua Vitoriano José de Oliveira, no centro de Quixelô, defronte ao ginásio da cidade. Os detidos foram Gisandro Gomes, 31 anos, desocupado, solteiro, natural de Pão de açucar, Alagoas, e residente na rua Luís Gomes de Araújo, no centro; Ricardo Silva, 18 anos, amasiado, desocupado, natural de Quixelô e residente na rua Samuel Vieira, nº 207, centro e um menor de 15 anos. O menor foi apreendido e os outros detidos e todos foram conduzidos à delegacia local. A Polícia Militar compareceu ao local da ocorrência e conduziu todos os envolvidos para a delegacia, onde foi feito um T.C.O., liberando-os em seguida.

Marido agride esposa e foi preso no Icó

Nesta terça-feira, 21/10, po volta das 11:30 horas, a Polícia Militar compareceu ao Balão da rodoviária, centro de cidade de Icó-CE, onde foi vítima de agressão e ameaças de morte a pessoa de ROSELIE CASSIMIRO DE LIMA, 57 anos, casada, comerciante, natrural de Orós-CE, a mesma foi agredida e ameaçada de morte pelo seu marido LUCIANO PEREIRA DA SILVA, 32 anos, casado, servente de pedreiro, natural de Redenção-CE. A Poliíca Militar compareceu ao local, prendeu o infrator e em seguida o conduziu a delegacia regional de policia civil, onde foi adotadas as medidas cabíveis.

Agricultor sofre tentativa de homicídio no Cedro

Nesta terça-feira, 21/10, por volta das 18:00h, a Polícia Militar compareceu ao Sítio Catingueirinha (distante 07 km da sede), zona rural de Cedro/CE, por ocasião de uma tentativa de homicídio, tendo como vítima do fato o idoso JOSÉ BRITO DE ALMEIDA, aposentado, casado, 69 anos, natural de Lavras da Mangabeira/CE; tendo como infrator a pessoa de FRANCISCO JERÔNCIO, comerciante, casado, 30 anos, natural de Cedro/CE. Segundo levantamento preliminar, a vítima sofre de distúrbios mentais, e, na referida data, veio a discutir com o infrator, vindo o suspeito a pegar um pedaço de madeira e lesionar a vítima, a qual teve lesões por todo o corpo, principalmente na cabeça; logo após praticar o delito, o suspeito evadiu-se em uma motocicleta não identificada, tomando rumo desconhecido. A vítima foi socorrida pela própria PM, em virtude de não haver outro veículo no local, que encaminhou-a para o hospital local, onde será transferida para um hospital de outra cidade. A Polícia Militar compareceu ao local, socorreu a vítima, e, logo depois, efetuou dligências no sentido de localizar e prender o infrator, mas, até o presente, não foi obtido êxito.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails