quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Disputa esquenta para a presidência da Câmara Municipal de Várzea Alegre

A eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Várzea Alegre, que ocorrerá na segunda semana de dezembro, promete surpresas. A permanência do vereador e atual presidente da Casa, Luiz Luciano e Silva (PMDB) no cargo, poderá ser confirmada, em detrimento da eleição do vereador do PT, Antônio Sebastião.
Luiz Luciano conta com o apoio da maioria dos vereadores para continuar como presidente do Poder Legislativo Municipal, fato este, confirmado por manifesto público assinado por oito – dos nove vereadores – da situação e da oposição. (Clique e leia o manifesto)
A possível continuação de Luiz Luciano na presidência da Câmara pode representar a quebra de um suposto acordo entre o PMDB, do prefeito Zé Helder, e o PT, hoje presidido por Matias Fiúza, que tem em Antônio Sebastião a sua representação política nesta aliança, firmada em 2004, quando da eleição do atual prefeito, derrotando o ex-prefeito João Eufrásio Nogueira naquele pleito. Com a manutenção daquela aliança, Zé Helder foi reeleito prefeito em 2008.
Na atual gestão, o PT domina a Secretaria Municipal de Agricultura, cujo secretário é Antônio Gregório Neto. A secretaria tem ampla liberdade de atuação.
Nestas eleições de 2010 para presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais, algumas atitudes durante a campanha, por parte do PT, teriam abalado a aliança com o grupo do prefeito Zé Helder. A distribuição de um panfleto, em que ações da prefeitura eram atribuídas aos candidatos a deputado do PT, provocando insatisfações nos demais aliados. Ssegundo consta, tais insastifações foram minimizadas após o pleito.
A pergunta agora é: Será que a eleição da Mesa Diretora da Câmara porá fim a aliança entre PMDB e PT de Várzea Alegre? Os vereadores candidatos a presidente, Antônio Sebastião do PT e Luiz Luciano do PMDB, falaram sobre o assunto. 

Várzea Alegre.com

Promotor pede prisão de Tiririca à Justiça

O promotor Maurício Lopes pediu à Justiça que o deputado eleito Francisco Everardo Oliveira Silva (PR-SP), o Tiririca, seja condenado a cinco anos de prisão. Essa é a pena máxima para o crime de falsidade ideológica, do qual o humorista é acusado.
Ontem, Lopes apresentou suas alegações finais na ação contra Tiririca em curso na 1ª Zona Eleitoral de São Paulo.
Segundo o promotor, Tiririca entregou à Justiça Eleitoral declarações falsas sobre sua alfabetização e a propriedade de bens. A lei prevê que a punição no caso pode ir de um a cinco anos de prisão.
"Pedi a condenação na pena máxima tendo em vista a repercussão social do crime e a natureza da falsificação, que foi feita para produzir uma fraude eleitoral de rumorosa consequência jurídica e social", afirmou Lopes.
A atuação do promotor no caso já levou a Corregedoria do Ministério Público a abrir uma investigação para apurar eventuais excessos dele na busca por uma condenação do humorista.
Lopes também apresentou à Justiça um parecer de uma fonoaudióloga do Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo que acompanhou a audiência na qual Tiririca foi submetido a um teste de ditado e leitura.
Ela apontou que o humorista apresentou sérias dificuldades no teste e pode ser classificado como analfabeto funcional. "O leitor que lê apenas decifrando letras e não interpretando o que foi lido ou que escreve apenas reproduzindo palavras copiadas ou ditadas é o que chamamos de analfabeto funcional", afirma o parecer.
A defesa do humorista diz que ele possui a alfabetização exigida pela lei.

Folha

FECLI conquista planetário móvel para a região Centro-Sul

A Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) aprovam o Projeto de Extensão denominado de Astronomia VIVA. O projeto contempla a Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (FECLI), da Universidade Estadual do Ceará (UECE).
No Estado do Ceará, existe um único planetário fixo em operação na capital, o que torna o Astronomia Viva pioneiro no Estado. A facilidade da locomoção, do armazenamento e do manuseio do planetário móvel permitirá que objetivos da UECE/FECLI sejam atingidos, uma vez que ele pode ser instalado em espaços públicos abertos, como parques e praças, em espaços fechados como escolas, quadras poliesportivas e museus das cidades do interior, que serão visitadas para este fim.
“Haverá um treinamento para os alunos da FECLI que tiverem o interesse de trabalhar como bolsistas nesse Planetário, como assim haverá também um teste de seleção para os monitores. Será uma cúpula Insuflável semi esférica que abrigará um projetor que vai projetar imagens na superfície interna dessa cúpula que vai simular o céu noturno e diurno, são nove mil objetos estelares.” Célio Muniz

Leiam mais no Jornal O Popular que já está nas ruas de Iguatu, Cariri e Sertão Central

José Serra afirma que errou ao querer retorno da CPMF

Durante reunião com tucanos e outros aliados ontem no Congresso, José Serra fez um "mea culpa" a respeito de sua posição em defesa da CPMF, quando da derrubada do imposto, em dezembro de 2007. "Eu errei", afirmou o candidato derrotado ao Planalto, reconhecendo que isso o colocou em choque com lideranças do partido, em especial no Senado.
A visita-surpresa foi entendida como primeiro passo do ex-governador de São Paulo para tentar ocupar a presidência do PSDB a partir de 2011. O caminho, porém, não será tranquilo. Há forte oposição interna à ideia de lhe dar novamente o comando da sigla.

PAINEL

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails