quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Organização da direita católica apresenta panfletos contra Dilma Rousseff

Uma pilha de panfletos repousava, esta tarde, sobre uma redonda no salão do Centro de Convenções Brasil 21 onde o candidato a presidente José Serra (PSDB) reuniu-se com cerca de 300 pessoas, entre militantes e estrelas do partido como os senadores eleitos Aécio Neves e Itamar Franco, os governadores eleitos de Minas Gerais e de São Paulo, Antonio Anastasia e Geraldo Alckmin, respectivamente, e outras menos votados.
Uma mulher distribuiu exemplares do panfleto durante a parte fechada da reunião à qual a imprensa não teve acesso. Assinado pelo Instituto Plínio Correia de Oliveira, o fundador da tradicional organização da direita católica Tradição, Família e Propriedade, o panfleto diz:
"Você sabe o que é o PNDH-3? Se você é uma pessoa que pensa em votar na Dilma, conheça bem este projeto antes de votar.
O PNDH-3 é um projeto lei que tem por objetivo implantar em nossa leis a legalização do aborto, acabar com o direito da propriedade privada, limitar a liberdade religiosa, perseguir os cristão, legalizar a prostituição (e onde fica a dignidade destas mulheres?), manipular e controlar os meios de comunicação, acabar com a liberdade de imprensa, taxa sobre fortunas o que afastará o investimento, dentre outros. É um decreto preparatório para um regime ditatorial.
O que podemos esperar de um governo que tenta atropelar a sua Constituição, tratados e convenções internacionais? Não duvide da veracidade destas informações, pesquise direito a respeito e vote consciente!
No próximo dia 3 de outubro, você pode mudar radicalmente o campo de batalha contra o PNDH-3. Para o bem ou para o mal... Tudo vai depender de como se comportará o novo Congresso Nacional depois do resultado das urnas. Mas é muito grande o número de pessoas que ainda não se conscientizaram do momento perigoso que atravessamos.
“Se você não fizer nada agora, não adiantará chorar sobre o resultado das urnas.E prepare-se para assistir nos próximos 4 anos uma transformação radical do País.
Pense na sua família! O direito de votar é seu, o dever de promover a vida é do povo brasileiro.é através do voto que demonstramos no nosso poder!
Passe essa informação adiante, não se omita, lute pelos nossos direitos! Depois pode ser tarde demais!
Vamos eleger os políticos “Ficha Limpa de PNDH-3”. Veja as propostas de seus candidatos , fique alerta! Divulgue essa informação através das redes sociais da internet (blogs, Orkut...)
Envie o seu cartão amarelo de alerta aos deputados e senadores. Faça você também a sua parte, não se omita! Se puder faça copias deste texto e ajude-nos com este trabalho, imprima os cartazes disponíveis nesse site.
“Jesus disse: eu vim para que todos tenham vida!”
“Uma democracia sem valores converte-se facilmente num totalitarismo aberto ou dissimulação, com a história demonstra”. João Paulo II."
Consultados pelo repórter deste blog, Erich Decat, assessores de Serra negaram qualquer ligação da campanha com o instituto responsável pela confecção e distribuição do panfleto.
Mas um deputado federal do DEM, que participou da reunião, sob a garantia de não ser identificado, adiantou ao blog:
- Vamos bater, sim, nessa questão do aborto que está no programa do PT. Vai ser o embate da vida e do aborto, vida e aborto. Nada de questão econômica ou qualquer outra, mas de princípio.

Blog do Noblat

Propostas já !

Por Carlos Chagas

Para Dilma Rousseff e José Serra será bobagem  ficar atrás dos votos de Marina Silva   mais ou menos  como um bebê espera a mamadeira, ou seja, chorando. O que  estão devendo são propostas de governo. Diretrizes e projetos  que não explicitaram como deveriam, na campanha do primeiro turno, tornam-se agora essenciais para o sucesso de um deles, no segundo. Coisa grande, profunda, em condições de mudar a vida de todos nós.

Não deu para o gasto falar na criação de seis mil creches em todo o território nacional, ou prometer o aumento do salário mínimo para 600 reais. Deveriam, os dois candidatos, voltar-se para lições do passado. Getúlio Vargas elegeu-se em 1950 quando pontualmente anunciou a criação da Petrobrás e a ampliação dos direitos trabalhistas. Juscelino Kubitschek, quando  sustentou   a implantação de Furnas, Três Marias, da Belém-Brasília e da própria nova capital. Aquelas  mensagens tiveram começo, meio e fim, envolvidas em slogans como Energia e Transporte ou O Petróleo é Nosso, atingindo a alma do eleitor. 
Novos objetivos capazes de sensibilizar a população não faltam, acima e além de ficar prometendo continuar a obra do presidente Lula ou afirmando ser o candidato “Do Bem”.
Que tal anunciar intensa campanha para em quatro anos tornar o Brasil auto-suficiente na produção de trigo para fazermos o nosso próprio pão,  em vez de importarmos milhões de toneladas  da Rússia? Por que esquecer, como fizeram até agora, a exploração imediata do pré-sal? Seria anacronismo lembrar a importância da volta à estabilidade no emprego e do salário-família, compensação para a redução de impostos nas folhas de pagamento das empresas? Rever as privatizações contrárias à soberania nacional ou demonstrar a oportunidade com que foram feitas? Interligar o país com ferrovias cujas obras, até agora, arrastam-se a passos de tartaruga, servindo apenas para governantes tirarem fotografias? Apresentar um elenco de projetos detalhados para mudar  a Constituição e o Código Penal,  de forma a não deixar fora da cadeia um só criminoso de colarinho branco?
Essas e  outras propostas seriam capazes de eletrizar  o eleitorado e decidir uma  eleição que promessas capengas e formuladas em pílulas não decidiram no primeiro turno. Será que falta coragem,  grandeza ou sensibilidade aos dois candidatos?

Evangélicos anunciam campanha contra Dilma no Espírito Santo

Associações que representam fiéis evangélicos no Espírito Santo anunciaram, nesta quarta-feira, que vão fazer campanha contra a eleição da candidata petista Dilma Rousseff no Estado. Segundo o jornal o Estado de São Paulo, estima-se que um terço da população capixaba seja evangélica, um total que representa cerca de 1,2 milhão de pessoas.

Para o pastor Enock de Castro, entre 80% e 90% dos evangélicos do Estado tendem a votar no candidato tucano José Serra, que disputa o segundo turno presidencial. Os motivos dos religiosos seriam supostas posições da petista sobre a legalização do aborto e a união civil entre pessoas do mesmo sexo.


Blog do Fabrício Moreira destaca as eleições em Icó

Chegamos ao final das eleições estaduais de 2010.

Houve renovação de nomes consideráveis, tanto para a Assembléia Legislativa do Estado do Ceará, bem como para a Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Quanto ao Governo do Estado, sabia-se previamente, que Cid Gomes seria reeleito com facilidade. Como de fato o foi. Os discursos dos adversários eram sem consistência alguma. Negavam o obvio, enquanto os olhos e os resultados de gestão de Cid Gomes eram fáceis de observar. Completou a vitória esmagadora com a indicação do vice-governador, Domingos Filho, considerado hoje o político mais habilidoso e respeitado do Estado.

Do início até o final da refrega eleitoral, deste ano, a maior disputa mesmo se deu para o Senado da República. Três nomes importantes da política estadual-nacional se apresentaram.

Eunício Oliveira, deputado federal em três mandatos, ministro do Lula, presidente estadual do PMDB, empresário de sucesso, bom orador e com uma história de vida que encheu de lágrimas as pessoas do povo. Resultado: senador eleito com expressiva votação.

José Pimentel, deputado federal em três mandatos, ministro do Lula, servidor público cioso do seu dever, sindicalista, reserva moral do Estado do Ceará. Resultado: senador eleito, para a segunda vaga do Ceará.

Tasso Jereissati, senador e governador do Ceará em três oportunidades, empresário de sucesso, responsável atual pela credibilidade nacional do nosso Estado. Credita-se a ele, os fatos mais importantes e recentes da história do Ceará. Trabalhou muito, porém, esqueceu que no meio do caminho existia o fenômeno Lula, que comemorou sua derrota com todas as suas forças.

Apesar do legado político e de gestão positivos, anunciou é que hora de cuidar dos netos e de sua vida pessoal. Informou à imprensa que não vai mais disputar mandatos eletivos.

Na campanha proporcional, deputados estadual e federal percorreram todos os caminhos, conseguiram apoios importantes, mas, houve muitas surpresas. Políticos importantes como Marcelo Sobreira, José Gerardo Arruda, Inês Arruda, Tomas Figueiredo, Paulo Lustosa, Gomes Farias, Cirilo Pimenta, João Alfredo, etc, ficaram distante da listagem dos eleitos.

Outro ponto de discussão, que mudou muito o resultado final das eleições, foi à implantação do projeto FICHA-LIMPA.

Até os dias atuais, continua a peleja jurídica sobre a aplicação, sua eficácia ou não, para as eleições que se encerraram há pouco.

O deputado Neto Nunes, candidato a reeleição, teve seu nome incluído entre os concorrentes deste pleito, com ressalvas jurídicas. Obteve expressiva votação, algo em torno de 46 mil votos, mas sem a certeza que irá de fato e de direito assumir seu mandato legislativo.

Responsabilizou a banalização, o exagero da mídia e dos adversários, para impedir o seu sucesso eleitoral. “Apesar de ter perdido uns vinte mil votos, pois distribuíram muitos panfletos dizendo que eu não podia ser candidato, ainda cheguei bem eleito ao final”, desafiou Nunes.

Em Icó, onde houve grande abstenção, uma das maiores do Estado do Ceará, Neto Nunes continuou sendo o líder absoluto: 16 mil votos. O principal adversário, Jaime Júnior, obteve cerca de 9.500 votos.

Neto Nunes manteve os mesmos votos da eleição pretérita. Jaime Júnior desceu de 16 mil votos da eleição municipal recente, como candidato a prefeitura icoense, para algo em torno de 9.500 votos.

Somando todos os adversários de Neto Nunes, ainda se lê no cenário municipal, uma gordura de sobra eleitoral para mais de 4 mil votos.

Como o tempo é o senhor da razão, vamos esperar o andar da carruagem, já que CID GOMES e DOMINGOS FILHO, confessaram publicamente, que irão cuidar do Icó cada vez melhor.

Blog do Fabrício Moreira

VÍDEO: Cid Gomes fala sobre a sua vitória nas Eleições 2010

Parte 1:



Parte 2:

O dedão que causa polêmica em Milão

A cidade de Milão estendeu o prazo de exibição de uma controversa escultura do mais famoso artista italiano vivo, Maurizio Cattelan, que retrata um gesto obsceno.
Chamada oficialmente de L.O.V.E., mas conhecida popularmente como "O Dedo Médio", a escultura permanecerá na Piazza d'Affari, em frente à Bolsa de Valores de Milão, até o final da retrospectiva de Cattelan, em 24 de outubro. Simpatizantes do artista agora pressionam para que a praça se torne o lar permanente da obra, mas as opiniões estão divididas.
A peça é feita de mármore Carrara, o mesmo material usado por escultores renascentistas com Michelangelo e Bernini. Meteoro O gesto obsceno retratado na escultura e sua proximidade da bolsa levaram a sugestões de que ela teria uma mensagem anti-capitalista, o que foi negado pelo artista.

Muitos turistas visitando Milão se dizem favoráveis a que a escultura receba um local permanente na cidade, que já abriga, em um convento, o famoso quadro a "Última Ceia" de Leonardo da Vinci. A obra sobre o papa foi vendida por US$ 3 milhões Já outros dizem que o trabalho seria um insulto aos séculos de tradição da arte italiana.
Autoridades como o presidente do comitê de Cultura da cidade, Massimiliano Finazzer Flory, querem manter a obra em Milão. Mas um problema para isso seria o preço. O trabalho mais conhecido de Cattelan, retratando o papa João Paulo 2º atingido por um meteorito, foi leiloado por US$ 3 milhões (mais de R$ 5 milhões).

Juiz condena Unimed a pagar R$ 40 mil de indenização por danos morais

O juiz Onildo Antônio Pereira da Silva, que estava respondendo pela 23ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza, condenou a Unimed Fortaleza a pagar de indenização, por danos morais, de R$ 40 mil, a E.M.F.. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico dessa segunda-feira (04/10).

O magistrado determinou ainda que o plano de saúde assuma todas as despesas médicas referentes ao transplante de medula óssea e ao tratamento de quimioterapia do paciente. Segundo o processo (nº 29040-70.2009.8.06.0001/0), em abril de 2009, o paciente teve diagnosticado um tipo de linfoma raro e de progressão rápida, que poderia levá-lo à morte.

Ele argumentou que a Unimed Fortaleza se recusou a pagar o tratamento, mesmo sendo conveniado ao plano de saúde. E.M.F. apresentou, nos autos, exames e laudos médicos atestando que cirurgia de tal complexidade não poderia ser realizada em hospitais do Ceará, apontando como centro ideal o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Na ação, o autor pediu que a Unimed fosse responsabilizada pelos custos do tratamento. Solicitou também indenização por danos morais. Em defesa, a empresa alegou que o referido hospital em São Paulo não era conveniado ao plano de saúde e que, por isso, não estava obrigada a arcar com o tratamento. Sobre os danos morais, pediu também a improcedência, por “inexistência de comprovação”.

Na decisão, o juiz Onildo Antônio Pereira chamou a atenção para o fato de que, uma vez firmado o contrato de prestação de serviço, o plano tem responsabilidades com a contemplação de tratamento de “uma gama de adversidades eventualmente sofridas pelo autor”.

Ainda segundo o magistrado, ficou provado que o contrato dava o direito ao paciente de ter o tratamento custeado e que o fato de o Hospital Albert Einstein não ser conveniado ao plano “não se apresenta relevante”. Condenou, por fim, a empresa ao custeio de todos os procedimentos que envolvem o transplante de medula óssea do paciente. Julgou ainda procedente o pedido de indenização por danos morais, que arbitrou em R$ 40 mil.

TJCE

Record cresce 117% em 6 anos; Globo e SBT despencam

A atual década é a mais movimentada da TV aberta nos últimos 60 anos, desde que começaram as transmissões no Brasil. Essa movimentação sem dúvida foi desencadeada pela Record, que no início dos anos 2000 passou a investir maciçamente em programação --algo em torno de R$ 1 bilhão desde 2004.

Dados inéditos obtidos pelo programa Ooops! mostram que o gasto valeu a pena: a participação da Record no universo de TV’s ligadas, o chamado share, passou de 7,8% em 2004 para 16,9% este ano (dados até 30 de setembro).
Isso significa um impressionante crescimento de 117% da Record dem seis anos. Em outras palavras: em 2004, de todos os aparelhos de TV ligados no Brasil, entre 7h e 0h, apenas 7,8 estavam sintonizados na Record. Este ano, a Record já tem 17.
Por outro lado, em 2004 a Globo tinha 55,7% das TV’s ligados. Este ano esse número caiu para 44,4%. uma queda de 25%. É aproximadamente a mesma porcentagem de queda de pontos no ibope da emissora no mesmo período (cada ponto de ibope vale por cerca de 60 mil residências sintonizadas na Grande SP.
A maior vítima do trator financeiro que a Record colocou em movimento nesta década, com aval de sua controladora --a Igreja Universal do Reino de Deus, de Edir Macedo--, foi o SBT de Silvio Santos.
Desde 2004, o "share" do SBT desabou de 19,3% (19,3 em cada 100 TVs ligadas) para 13,1% este ano. Trata-se de uma redução de 32%.
No mês de setembro ainda, entre 7h e 0h, a Globo registrou o menor "share" desde que passou a ser medido: 42,2%. Os menores índices até então ocorreram também este ano. Em agosto último o "share" foi de 42,9%. Um mês antes (julho) havia marcado 43,1%

Veja o vídeo da TV católica Canção Nova que exibe o sermão contra voto em Dilma

Em meio à polêmica sobre as políticas da candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff, em relação a tabus religiosos, como o aborto, a TV Canção Nova, que transmite programação da Igreja Católica, exibiu na manhã desta terça-feira (5) um sermão ao vivo em que o padre José Augusto pede que os fiéis se mobilizem e não votem na presidenciável petista no segundo turno. A explicação do religioso - e ele informa ter recebido reclamações de fiéis - é que o PT é a favor da interrupção de gestações indesejadas. Os boatos sobre posições da ex-ministra da Casa Civil diante de eleitores religiosos, em especial os pentecostais, são apontados por aliados como uma das causas para que a candidata não tenha liquidado o processo eleitoral no primeiro turno, em 3 de outubro.
"O que tem me agitado são muitos e-mails que eu tenho recebido. E a questão é essa da eleição. E eu não posso deixar de falar também porque eu sou sacerdote de Nosso Senhor Jesus Cristo. Diante de tantos pastores se pronunciando, diante de tantos bispos se pronunciando, nunca vi uma eleição tão agitada como essa, nunca vi. Tenho 44 anos de idade e nunca vi uma eleição tão agitada. Por que de tanta agitação? Porque os rumos da nação brasileira estão prestes a mudar, e eles poderão mudar para o pior, para o lado pior se nesse segundo turno - eu vou falar com clareza - se o PT ganhar", disse o sacerdote aos fiéis.
"Podem me matar, podem me prender, podem fazer o que quiser. Não tenho advogado nenhum. Podem me processar e, se tiver de ser preso, serei. Não tem problema, mas eu não posso me calar diante de um partido que está apoiando o aborto, e a Igreja não aprova. Não votei e não votarei. Deixando bem claro, porque sou a favor da vida. Estou agitado porque não é possível que os cristãos estejam tão alheios à situação, preocupados apenas com seu trabalhozinho, com seu emprego, com suas coisas, sabendo que o PT está querendo aprovar leis aonde o sacerdote não pode se pronunciar, aonde o sacerdote não pode falar, aonde os meios de comunicação religiosos só vão ter uma hora de programação", completou o padre, que se posicionou de forma contrária ainda ao casamento homossexual.
"Chega de sermos católicos mornos, frios e medrosos. Até atores e atrizes estão se pronunciando com medo do que pode vir no futuro, como é que nós ficamos assim como se nada estivesse acontecendo, na boa, com medo de perder isso, de perder aquilo. Que se perca tudo. Só não podemos perder Jesus Cristo na nossa vida", afirmou o padre José Augusto.
Na campanha da petista Dilma Rousseff, o sermão exibido na Canção Nova foi tema de reuniões nesta terça. O assunto é tratado com cautela por conta do risco de, ao condenar a homilia do sacerdote, a ex-ministra seja taxada como favorável à censura. Em todo caso, um "grupo de diplomacia" deve ser acionado para abafar a propagação de mensagens de que Dilma seria contra o aborto.
Depois de o sermão do padre José Augusto ter ido ao ar, o fundador da Comunidade Canção Nova, Monsenhor Jonas Abib, divulgou nota em que pede desculpas por "qualquer excesso" e afirma que a TV "não vê cada candidato por suas bandeiras, mas os acolhe como filhos amados de Deus".
"Cada fiel deve votar de acordo com suas convicções e com a doutrina social da Igreja. Para este tempo, peço a cada um oração e silêncio. Acolhamos a todos. Rezemos para que eles possam conhecer a verdade. A Canção Nova não apoia candidatos ou partidos. Acolhe a todos. Por fim, peço em nome da Canção Nova, perdão por qualquer excesso. Nosso objetivo é promover o amor, nosso carisma maior", afirma na nota o fundador da TV, que teve a mensagem veiculada no rádio, TV e na internet.
De acordo com a assessoria da Canção Nova, a orientação da emissora é não apoiar nenhum candidato e também não fazer "trabalho contra" qualquer presidenciável.

Terra

Veja o vídeo:

PV poderá decidir não apoiar nenhum candidato, diz dirigente

Dirigentes do PV afirmam que a convenção do partido, que será realizada no próximo dia 17, buscará primordialmente preservar o capital político obtido nesta eleição com os quase 20 milhões de votos recebidos pela candidata Marina Silva. "Eu posso garantir que o que não vai acontecer é o PV e Marina jogarem no lixo o apoio recebido. Ninguém vai jogar pela janela o que foi conquistado", disse João Paulo Capobianco, que coordenou a campanha da senadora e é membro da executiva nacional do partido.

"Participar do segundo turno não significa aderir a um lado ou outro. Acreditamos que a presença do partido e da candidata já está promovendo o debate que interessa à sociedade. E podemos chegar (na convenção) a um resultado sem nenhuma aliança. Não estamos trabalhando para definir qual será a aliança. A convenção é para definir a posição, esse é o acordo feito entre o partido e a candidata", explicou Capobianco.
A decisão sobre para qual lado o PV tende a se virar ganhou força após os resultados das urnas no último domingo, quando Marina recebeu, surpreendentemente 19,6 milhões de votos. PSDB e PT já começaram a se movimentar em busca do apoio dos verdes, mas não receberão nenhuma posição oficial antes da convenção.
O presidente nacional do partido, José Luis Penna, explicou que sua legenda sempre teve uma política de alianças programáticas e buscou se aliar a partidos defensores da social democracia. Por conta disso, segundo ele, não seria contraditória a posição do PV de apoiar uma ou outra candidatura que Marina tanto criticou ao longo da campanha.
"Estamos muito confortáveis, porque tivemos um apoio nunca antes pensado. Queremos usar o prestígio que tivemos das urnas para impregnar o programa do futuro presidente do Brasil", disse Penna. Os verdes estão preparando um documento com o resumo de suas principais propostas para ser apresentado aos dois candidatos que ainda disputam a presidência, esperando que eles as incorporem ao programa de governo.
Contudo, o PV sabe que as negociações não serão simples e que também terá que ceder em alguns pontos. "Se algum deles disser 'vamos aderir na integralidade e apoiar até a última gota todos os pontos do programa de vocês', não vai ser sério isso, não vamos acreditar. E o programa que vamos apresentar não é 'ame-o ou deixe-o', não é 'faca no pescoço', é um instrumento para que tenhamos uma interlocução com eles e eles tenham uma interlocução com a sociedade", afirmou Alfredo Sirkis, vice-presidente do PV.
O partido inicia nesta quinta as discussões para a formulação desse resumo, e espera apresentá-lo aos candidatos antes do dia 17, para que possa realizar a sua convenção já sabendo o posicionamento de PT e PSDB sobre suas propostas.

Terra

PT tenta mudar história de Erenice e visão sobre o aborto

Deu na Folha de S. Paulo

Uma vez que é impossível reescrever história de Erenice na Casa Civil, PT tenta mudar visão sobre aborto em busca de votos para Dilma Rousseff
Uma pequena porcentagem de votos fez com que escapasse das mãos da petista Dilma Rousseff a chance de vencer a eleição presidencial no primeiro turno.
Ao impacto causado pelo escândalo envolvendo Erenice Guerra, principal auxiliar de Dilma na chefia da Casa Civil, somou-se nos últimos dias da campanha o peso de questões como a do casamento gay e da descriminalização do aborto.
Eleitores contrários a essas propostas teriam identificado em Marina Silva uma representante mais confiável do que seria Dilma Rousseff.
Uma vez que é impossível, apesar dos esforços em contrário, reescrever a história da passagem de Erenice Guerra pela Casa Civil, lideranças do PT correm atrás do prejuízo eleitoral tratando de reescrever as posições do partido no que diz respeito ao aborto.
"Foi um erro ser pautado internamente por algumas feministas", declarou o secretário de Comunicação do partido, André Vargas, num pânico eleitoral tardio, e em meio ao vale-tudo de sempre.
Entre essas "feministas" minoritárias, seria preciso incluir a própria Dilma Rousseff, que em 2007 se declarava favorável à descriminalização do aborto: "No Brasil, é um absurdo que não haja".
Com a campanha, o discurso de Dilma Rousseff moderou-se, coincidindo com a tese oficial do ministério da Saúde do governo Lula: trata-se de encarar a questão da descriminalização do aborto não propriamente do prisma religioso, mas como um problema de saúde pública.
A tese, com a qual esta Folha já concordou por diversas vezes em editoriais, evidentemente não satisfaz quem considera, a partir de sua fé religiosa ou de suas convicções íntimas, a interrupção da gravidez como um atentado à vida de um ser humano.
O fato de que operações clandestinas, em condições das mais precárias, levem à morte milhares de mulheres todos os anos no país não é argumento, na opinião desses setores, para que o Estado ofereça acesso generalizado ao procedimento.
Trata-se, como aconteceu em inúmeros países, de matéria a ser resolvida em plebiscito; era o que propunha, aliás, a candidata Marina Silva, apesar de sua postura antilegalização.
Pesquisa do Datafolha, realizada em 2007, registrava forte maioria de opiniões contrárias à flexibilização nas regras em vigor. Estas, permitindo o aborto em caso de estupro ou risco de morte da mãe, contam com 68% de apoio da população.
Um debate continuado a respeito do tema, antecedendo a uma consulta popular, poderia - ou não - alterar esse quadro.
Na corrida por uma pequena porcentagem de votos, entretanto, o PT e sua candidata preferem apostar na desconversa e na mistificação. Condenam a descriminalização do aborto do mesmo modo que poderiam apoiá-la, fosse outra a ponderação dos marqueteiros.
Defenderão os sem-terra e o agronegócio, a Polícia Federal e o ficha-suja, a sexóloga feminista e o pagodeiro acusado de espancar a mulher, pouco importa - desde que esteja garantida a sobrevivência do seu esquema de poder.
É o único "direito à vida", aliás, que os mobiliza neste instante.

Vejam os votos de Zezinho Albuquerque em vários municípios do Ceará

Município Votos
ACARAPE 4
ACARAÚ 43
ACOPIARA 464
AIUABA 6
ALCÂNTARAS 2
ALTANEIRA 1
ALTO SANTO 2.392
AMONTADA 902
ANTONINA DO NORTE 2
APUIARÉS 22
AQUIRAZ 37
ARACATI 77
ARACOIABA 15
ARARENDÁ 1
ARATUBA 4
ASSARÉ 157
AURORA 3
BANABUIÚ 9
BARBALHA 1
BARREIRA 11
BARRO 8
BATURITÉ 1.412
BEBERIBE 41
BELA CRUZ 42
BOA VIAGEM 22
CAMOCIM 9
CAMPOS SALES 9
CANINDÉ 594
CAPISTRANO 10
CARIDADE 3
CARIRÉ 3
CARIRIAÇU 6
CARIÚS 1.240
CASCAVEL 39
CATARINA 5
CATUNDA 2
CAUCAIA 106
CEDRO 37
CHAVAL 2
CHORÓ 17
CHOROZINHO 37
COREAÚ 12
CRATEÚS 20
CRATO 53
CROATÁ 3
CRUZ 3.872
DEPUTADO IRAPUAN PINHEIRO 266
ERERÊ 3
EUSÉBIO 45
FARIAS BRITO 23
FORQUILHA 5
FORTALEZA 1.592
FORTIM 2.672
FRECHEIRINHA 7
GENERAL SAMPAIO 1.690
GRAÇA 2.082
GRANJA 5
GRANJEIRO 1
GROAÍRAS 6
GUAIÚBA 19
GUARACIABA DO NORTE 35
GUARAMIRANGA 266
HIDROLÂNDIA 3
HORIZONTE 2.707
IBARETAMA 16
IBIAPINA 6
ICAPUÍ 22
ICÓ 17
IGUATU 16.810
INDEPENDÊNCIA 14
IPAUMIRIM 2
IPU 27
IPUEIRAS 5
IRACEMA 17
IRAUÇUBA 1.491
ITAIÇABA 2
ITAITINGA 59
ITAPAGÉ 3.192
ITAPIPOCA 44
ITAPIÚNA 5
ITAREMA 1
ITATIRA 3.411
JAGUARETAMA 4
JAGUARIBARA 9
JAGUARIBE 9
JAGUARUANA 2
JIJOCA DE JERICOACOARA 22
JUAZEIRO DO NORTE 488
JUCÁS 155
LAVRAS DA MANGABEIRA 4
LIMOEIRO DO NORTE 13
MADALENA 47
MARACANAÚ 73
MARANGUAPE 58
MARCO 6
MARTINÓPOLE 1
MASSAPÊ 5.281
MAURITI 2
MERUOCA 31
MILAGRES 1
MILHÃ 3
MIRAÍMA 4
MISSÃO VELHA 2
MOMBAÇA 2.428
MONSENHOR TABOSA 4
MORADA NOVA 9
MORAÚJO 9
MORRINHOS 4
MUCAMBO 10
MULUNGU 25
NOVA OLINDA 1
NOVA RUSSAS 37
OCARA 3
ORÓS 26
PACAJUS 838
PACATUBA 1.115
PACOTI 1.774
PACUJÁ 1.638
PALHANO 7
PALMÁCIA 565
PARACURU 4.769
PARAIPABA 57
PARAMBU 1
PARAMOTI 28
PEDRA BRANCA 7
PENTECOSTE 21
PEREIRO 1
PINDORETAMA 251
PIQUET CARNEIRO 21
PORTEIRAS 1
POTENGI 1
POTIRETAMA 1.870
QUITERIANÓPOLIS 1
QUIXADÁ 1.489
QUIXELÔ 154
QUIXERAMOBIM 3
QUIXERÉ 2
REDENÇÃO 16
RERIUTABA 8
RUSSAS 33
SABOEIRO 13
SANTA QUITÉRIA 31
SANTANA DO ACARAÚ 713
SANTANA DO CARIRI 2
SÃO BENEDITO 14
SÃO GONÇALO DO AMARANTE 97
SÃO JOÃO DO JAGUARIBE 6
SÃO LUÍS DO CURU 202
SENADOR POMPEU 63
SENADOR SÁ 7
SOBRAL 228
SOLONÓPOLE 11
TABULEIRO DO NORTE 24
TAMBORIL 6
TARRAFAS 7
TAUÁ 9
TEJUÇUOCA 51
TIANGUÁ 3.429
TRAIRI 30
TURURU 24
UBAJARA 40
UMIRIM 440
URUBURETAMA 3.539
URUOCA 7
VÁRZEA ALEGRE 1.010
VIÇOSA DO CEARÁ 26
TOTAL  81.796

Vejam os votos do Deputado Federal Aníbal Gomes em vários municípios do Ceará

ABAIARA 5
ACARAPE 11
ACARAÚ 11.488
ACOPIARA 302
AIUABA 2
ALCÂNTARAS 1.987
ALTO SANTO 4
AMONTADA 1.715
ANTONINA DO NORTE 5
APUIARÉS 5
AQUIRAZ 4.006
ARACATI 96
ARACOIABA 5
ARARIPE 1
ARATUBA 11
ARNEIROZ 1
AURORA 3
BAIXIO 13
BANABUIÚ 829
BARBALHA 14
BARREIRA 13
BARRO 17
BARROQUINHA 4
BATURITÉ 11
BEBERIBE 24
BELA CRUZ 6.699
BOA VIAGEM 68
BREJO SANTO 14
CAMOCIM 122
CAMPOS SALES 90
CANINDÉ 18
CAPISTRANO 1
CARIDADE 24
CARIRÉ 5.356
CARIRIAÇU 10
CARIÚS 94
CARNAUBAL 3.181
CASCAVEL 75
CATARINA 24
CATUNDA 2
CAUCAIA 564
CEDRO 58
CHAVAL 1
CHORÓ 160
CHOROZINHO 31
COREAÚ 46
CRATEÚS 30
CRATO 20
CROATÁ 363
CRUZ 5.112
DEPUTADO IRAPUAN PINHEIRO 5
ERERÊ 1
EUSÉBIO 54
FORQUILHA 8
FORTALEZA 8.101
FORTIM 3
FRECHEIRINHA 16
GENERAL SAMPAIO 3
GRAÇA 172
GRANJA 84
GRANJEIRO 8
GROAÍRAS 27
GUAIÚBA 25
GUARACIABA DO NORTE 4.962
GUARAMIRANGA 4
HIDROLÂNDIA 3
HORIZONTE 163
IBARETAMA 5
IBIAPINA 3.950
IBICUITINGA 42
ICAPUÍ 9
ICÓ 2.484
IGUATU 18.063
INDEPENDÊNCIA 35
IPAUMIRIM 3
IPU 41
IPUEIRAS 26
IRACEMA 1
IRAUÇUBA 1.569
ITAITINGA 38
ITAPAGÉ 68
ITAPIPOCA 4.998
ITAPIÚNA 8
ITAREMA 7.541
ITATIRA 22
JAGUARETAMA 36
JAGUARIBARA 5
JAGUARIBE 70
JAGUARUANA 15
JARDIM 20
JATI 2
JIJOCA DE JERICOACOARA 2.504
JUAZEIRO DO NORTE 33
JUCÁS 154
LAVRAS DA MANGABEIRA 9
LIMOEIRO DO NORTE 8
MADALENA 4
MARACANAÚ 165
MARANGUAPE 38
MARCO 5.586
MARTINÓPOLE 8
MASSAPÊ 129
MAURITI 4
MERUOCA 20
MILAGRES 2
MILHÃ 17
MIRAÍMA 2.552
MISSÃO VELHA 9
MOMBAÇA 7
MONSENHOR TABOSA 3
MORADA NOVA 33
MORAÚJO 13
MORRINHOS 319
MUCAMBO 22
MULUNGU 38
NOVA OLINDA 4
NOVA RUSSAS 24
NOVO ORIENTE 85
OCARA 19
ORÓS 322
PACAJUS 3.165
PACATUBA 107
PACOTI 11
PACUJÁ 10
PALHANO 4
PALMÁCIA 8
PARACURU 45
PARAIPABA 1.647
PARAMBU 8
PARAMOTI 3
PEDRA BRANCA 12
PENTECOSTE 209
PEREIRO 1
PINDORETAMA 104
PIQUET CARNEIRO 5
PIRES FERREIRA 2
PORTEIRAS 1
POTIRETAMA 7
QUITERIANÓPOLIS 6
QUIXADÁ 114
QUIXELÔ 592
QUIXERAMOBIM 32
QUIXERÉ 12
REDENÇÃO 11
RERIUTABA 36
RUSSAS 36
SABOEIRO 3.214
SALITRE 1
SANTA QUITÉRIA 16
SANTANA DO ACARAÚ 56
SÃO BENEDITO 5.779
SÃO GONÇALO DO AMARANTE 163
SÃO JOÃO DO JAGUARIBE 6
SÃO LUÍS DO CURU 16
SENADOR POMPEU 17
SENADOR SÁ 1.392
SOBRAL 268
SOLONÓPOLE 2.304
TABULEIRO DO NORTE 14
TAMBORIL 16
TARRAFAS 11
TAUÁ 21
TEJUÇUOCA 4
TIANGUÁ 10.229
TRAIRI 4.621
TURURU 2.618
UBAJARA 295
UMARI 1
UMIRIM 2.740
URUBURETAMA 1.895
URUOCA 7
VARJOTA 7
VÁRZEA ALEGRE 22
VIÇOSA DO CEARÁ 12.560
TOTAL  162.037

Vejam os votos de Edilmo Costa em cada município

Município Votos
ACARAPE 14
ACOPIARA 219
AIUABA 2
ALTO SANTO 3
APUIARÉS 1
AQUIRAZ 3
ARACOIABA 7
ARARIPE 1
ASSARÉ 2
AURORA 1
BARBALHA 8
BARRO 2
BATURITÉ 1
BEBERIBE 4
BREJO SANTO 1
CAMPOS SALES 27
CANINDÉ 1
CAPISTRANO 2
CARIDADE 1
CARIRIAÇU 5
CARIÚS 634
CASCAVEL 16
CATARINA 7
CAUCAIA 20
CEDRO 49
CHORÓ 1
CRATEÚS 3
CRATO 20
EUSÉBIO 2
FARIAS BRITO 9
FORTALEZA 1.049
FORTIM 1
GRANJEIRO 1
GUARAMIRANGA 1
HORIZONTE 3
IBIAPINA 1
ICAPUÍ 7
ICÓ 109
IGUATU 9.080
INDEPENDÊNCIA 1
IPUEIRAS 1
IRAUÇUBA 1
ITAIÇABA 1
ITAITINGA 3
ITAPAGÉ 3
ITAPIPOCA 2
ITAPIÚNA 1
JAGUARIBE 23
JAGUARUANA 1
JARDIM 3
JUAZEIRO DO NORTE 152
JUCÁS 305
LAVRAS DA MANGABEIRA 2
LIMOEIRO DO NORTE 22
MADALENA 1
MARACANAÚ 9
MARANGUAPE 16
MILAGRES 4
MILHÃ 1
MISSÃO VELHA 2
MOMBAÇA 17
MONSENHOR TABOSA 2
MORADA NOVA 7
NOVA OLINDA 9
ORÓS 26
PACAJUS 2
PACATUBA 5
PARACURU 3
PARAMBU 1
PARAMOTI 3
PEDRA BRANCA 1
PENTECOSTE 2
PINDORETAMA 1
PIQUET CARNEIRO 13
QUIXADÁ 25
QUIXELÔ 222
QUIXERAMOBIM 15
REDENÇÃO 9
RUSSAS 6
SABOEIRO 27
SALITRE 1
SANTA QUITÉRIA 1
SANTANA DO CARIRI 2
SÃO BENEDITO 2
SÃO GONÇALO DO AMARANTE 20
SÃO JOÃO DO JAGUARIBE 3
SENADOR POMPEU 12
SOBRAL 2
SOLONÓPOLE 6
TAMBORIL 1
TARRAFAS 12
TAUÁ 8
TIANGUÁ 3
TRAIRI 1
UBAJARA 2
UMARI 2
VÁRZEA ALEGRE 22
TOTAL  12.368

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails