quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Veja o vídeo onde o marqueteiro Duda Mendonça afirma que Dilma seria eleita no primeiro turno

O marqueteiro Duda Mendonça postou no YouTube nesta quinta-feira um vídeo no qual isenta o colega da campanha presidencial do tucano José Serra, Luiz Gonzalez, de “erros cometidos durante o primeiro turno”. “Acontece que não dá para fazer mágica. Essa é uma campanha que, desde o começo, estava mais do que traçado que a Dilma seria a vitoriosa. Não era a vez do Serra. E não tem jeito: a Dilma ganha no primeiro turno”, afirmou.

O depoimento foi gravado em Minas Gerais, onde Duda coordenou as campanhas de Hélio Costa (PMDB) ao governo estadual e de Fernando Pimentel (PT) ao Senado – ambos perderam a disputa. O publicitário também cuidou da propaganda de outros quatro candidatos a governador – Roseana Sarney (MA), Paulo Skaf (SP), Ricardo Coutinho (PB), Siqueira Campos (TO).

Fonte: Radar Políticio

Vejam o vídeo:

Lula chama ex-ministra de "extraordinária companheira"...o mundo dá voltas

Lula chamou a ex-candidata do PV a presidente, senadora Marina Silva (PT-AC) - cujo apoio agora os petistas cobiçam - de "extraordinária companheira". "Entrou (no governo) quando eu quis e saiu quando ela quis. Quando ela decidiu sair do governo eu compreendi, quando saiu do PT compreendi, quando quis ser candidata eu compreendi, e agora compreendo que vá demorar um pouco para tomar a decisão. E talvez nem tome decisão, vá ficar um pouco neutra. Mas é importante lembrar que os eleitores vão-se movimentando, não estão parados." O presidente afirmou que, se conhece o tipo de voto dado a Marina, avalia que boa parte vai para Dilma. "Qual foi o recado que a população deu no dia 3? Diferentemente do que diziam, que o povo tinha medo de votar em mulher, 67% dos votos foram para as mulheres. Significa que o povo deu um recado: queremos uma mulher na Presidência da República", declarou.

Apenas lembrando aos internautas que Marina Silva foi demitida  do Ministério do Meio Ambiente por telefone com uma ligação da Dilma Rousseff que recebeu ordens do presidente...

Serra nega ter oferecido ministérios para o PV

O candidato do PSDB a presidente, José Serra, negou nesta quinta-feira, durante entrevista coletiva em São Paulo, que tenha oferecido ministérios ao PV em troca do apoio no segundo turno e disse ainda que não está pressionando o partido para aderir à sua candidatura.

Nunca falei disso (que ofereceu quatro ministérios para o PV em troca do apoio de Marina Silva à sua candidatura no segundo turno). Para falar em ministério, tem que ganhar a eleição. E dá azar falar em ministérios sem ganhar a eleição. Não é do meu feitio. Depois que ganhar, a gente vai ver isso - disse Serra, em entrevista realizada na sede do seu comitê eleitoral no Edifício Joelma, no centro de São Paulo.

Ministro da Comunicação de Lula afirma que, " A imprensa é livre, o que não quer dizer que é boa"

Na avaliação do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação, Franklin Martins, o comentário de que a proposta de regulação da mídia é um atentado à liberdade de imprensa, significa fazer uma “ideologização” do tema. Ele assegura que nesta gestão “publica-se o que quiser. A imprensa é livre, o que não quer dizer que é boa”. Ele revelou que, até dezembro, o governo federal apresentará um anti-projeto de regulação do setor. Com isso, segundo o titular, caberá ao próximo presidente decidir se a proposta será mantida ou não.

E viva a democracia ! 

Tiririca tem até dia 14 para provar ser alfabetizado

O candidato mais bem votado ao cargo de deputado federal por São Paulo, Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR), foi citado para apresentar defesa preliminar dia 14 à Justiça Eleitoral no processo em que é acusado de crime de falsidade ideológica. A informação é do Ministério Público. Na audiência, marcada pelo juiz Aloisio Sérgio Rezende Silveira, da 1.ª Zona Eleitoral de São Paulo, Tiririca terá de colher material gráfico para confronto com a declaração que ele diz ter feito de punho próprio na qual afirma ser alfabetizado.
Tiririca é alvo de denúncia do promotor Maurício Antônio Ribeiro Lopes. "Eu não tenho nada contra o Sr. Tiririca, mas contra o estelionato eleitoral que marca o episódio. A Constituição, artigo 14, parágrafo 4.º, é categórica: analfabeto é inelegível." Para o promotor, "foi uma fraude a propaganda eleitoral que elegeu um personagem que ridiculariza a democracia e o Legislativo. Ele jamais se sentará como personagem na Câmara, mas como Everardo", lembrou o ele.
O promotor, repudia a hipótese de Tiririca - ao final da demanda nas instâncias superiores da Justiça - receber o diploma com base no argumento da "vontade popular", muitas vezes usado por magistrados. "Eu tenho muito medo que transformem a Constituição num pedaço de papel", alertou Lopes.
Para ele, "1,3 milhão de votos não são capazes de revogar a Constituição". "Todos nós, Ministério Público e Judiciário de todos os níveis, somos os responsáveis. A gente começa a relativizar essas garantias e daí a pouco a Constituição estará em frangalhos”, alertou ele.
A estratégia do representante do Ministério Público ao requerer o exame grafotécnico é verificar se de fato Tiririca redigiu a declaração manuscrita entregue à Justiça eleitoral para registro de sua candidatura.

Defesa

O advogado do humorista, Ricardo Porto, avalia que as acusações que pesam contra o deputado eleito "são muito fáceis de serem rebatidas". O advogado afirma que Tiririca é alfabetizado. Porto não confirmou o dia 14 como data para a audiência. "O que existe é uma decisão do juiz abrindo prazo para a defesa prévia. A partir daí será feita a colheita de material gráfico. O problema é que todo mundo quer falar alguma coisa a respeito do caso." As informações são do jornal O TEMPO Online.

Falsos ganhadores da Mega-Sena procuram dono de lotérica no RS

O proprietário da lotérica Boa Sorte, localizada na cidade de Fontoura Xavier (RS), onde foi registrado o bilhete premiado da Mega-Sena que levou o segundo maior prêmio da história da loteria brasileira, diz que recebeu vários trotes de pessoas que disseram ter ganho a bolada. "Um morador chegou a dizer que tinha perdido o bilhete, mas foi só para aparecer para a imprensa", disse Paulo Sérgio Pedroso.

A maioria, segundo ele, foi em tom de brincadeira, mas algumas tentaram retirar o prêmio. "Teve uma pessoa que ligou dizendo que era de São Paulo e que pediu para um amigo daqui para registrar a aposta. Pediu que uma parte do prêmio fosse depositada na sua conta e disse que mandaria uma cópia da aposta por Sedex depois", disse.
Os boatos são muitos na cidade, segundo os funcionários do escritório de contabilidade que fica ao lado da lotérica, os rumores são de que o Seu Ari, morador de Campo Novo, no distrito de Fontoura Xavier, é o ganhador. Mas segundo eles, também existe a suspeita de que o Seu Nicolau, que já é rico, possa ter acertado as seis dezenas do concurso de número 1.220.
Os funcionários da lotérica dizem que após o sorteio foram ouvidos fogos de artifício, que podem ter sido disparados pelo vencedor ou por algum brincalhão, uma vez que as brincadeiras sobre o prêmio são a piada mais comum entre a população. "São vários boatos e muitas pistas, mas, de verdade, não há nenhuma certeza", disse Denise Pedroso, mulher do dono da lotérica.
A lotérica ligou para as empresas onde os funcionários costumam organizar bolões, mas ninguém reclamou o prêmio. Na prefeitura foi organizado um bolão com 55 bilhetes e um deles teria sido perdido, mas todas as especulações, segundo os funcionários são realizadas em tom de piada.
Segundo a funcionária, o dia foi agitado na quarta-feira por causa do número de apotadores e chegou a formar filas, algo considerado peculiar na lotérica da cidade com 11 mil habitantes. O maior prêmio já pago pela lotérica Boa Sorte foi de R$ 20 mil para uma aposta da Lotomania, em 2002.
O gerente-geral da Caixa de Soledade, Edimilson Antônio Menegasso, acredita que o apostador pode nem saber que ganhou o prêmio. "Muitos aposentados que vivem na região rural só vêm à cidade uma vez por mês para receber a pensão e acabam fazendo uma aposta, mas só conferem se ganharam no mês seguinte".
A cidade, cuja maioria da população vive de agricultura, também concentra um grande número de caminhoneiros que apenas passam por ali. "Pode ser que um deles possa ter feito a aposta e seguido viagem", disse.

A cidade em números

Dos 11,5 mil habitantes de Fontoura Xavier, pelo menos metade vive na zona rural. Com economia baseada na agricultura, sobretudo na produção de fumo e na plantação de eucaliptos, tem um Produto Interno Bruto (PIB) estimado em R$ 81 milhões.
Confira os números sorteados no concurso 1.220:
05 - 15 - 43 - 48 - 52 - 55

Terra

PSDB do Ceará faz reunião para avaliar eleições e ações pró-José Serra

O PSDB do Ceará vai se reunir nesta sexta-feira, 7, a partir das 10 horas, no Hotel Vila Galé. Segundo o vice-presidente estadual da legenda, deputado federal reeleito Raimundo Gomes de Matos, o encontro fará um balanço das eleições e começará a definir as estratégias da campanha pró-José Serra no Estado. O senador Tasso Jereissati, que não obteve reeleição, comandará a reunião.

Ele deverá apresentar as estratégias nacionais da campnha, já que nesta quinta-feira encontra-se em São Paulo engajado à coordenação nacional pró-Serra, que promove reuniões.

O encontro desta sexta-feira reunirá a executiva estadual, parlamentares eleitos e reeleitos e prefeitos e vice-prefeitos do PSDB, segundo Gomes de Matos.

PT compra briga com a TV Católica Canção Nova por causa do aborto

Apesar da polêmica em torno de temas religiosos logo no início deste segundo turno, a coligação de Dilma Rousseff (PT) não se intimidou. Pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) direito de reposta contra a emissora católica TV Canção Nova. Segundo os advogados da campanha, um padre pediu aos fieis que não votem na candidata petista em um programa exibido ao vivo nesta terça-feira.

“Dentre outras afirmações falsas e ofensivas, de cunho difamatório e calunioso, o referido padre afirma que o PT é a favor da interrupção de gestações indesejadas”, diz a representação. A defesa argumenta ainda que o religioso afirmou que poderia ser preso ou morto por causa de suas declarações, sugerindo que tais práticas seriam cometidas por petistas.

Na ação o PT listou as acusações do padre contra a legenda e sua candidata: o partido defende a prática de aborto; a candidata e o PT pretendem aprovar leis que cerceiem as liberdades de imprensa e religiosa; ambos pretendem aprovar a celebração de casamento entre homossexuais; eles têm a intenção de transformar a nação brasileira em nação comunista com terrorista.

Na missa, que foi retirada do YouTube a pedido da emissora, Augusto também disse que não temia ser preso ou morto "em clara sugestão caluniosa de que o PT poderia praticar algum crime contra a sua integridade física".

A coligação solicitou ao TSE que conceda 15 minutos de direito de resposta contra a TV Canção Nova. Dilma Rousseff chegou a participar, logo no início da campanha, de eventos da emissora na tentativa de conquistar o apoio dos religiosos.

Aborto – Esta não é a primeira vez que um integrante da Igreja Católica pede aos eleitores que não votem em Dilma. Alguns bispos chegaram a divulgar cartas contra a petista. Diante das manifestações dos grupos religiosos, a Comissão Brasileira Justiça e Paz, entidade ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), emitiu uma nota nesta quarta-feira para esclarecer que nunca impôs vetos a candidatos nestas eleições.
Fonte: Veja Online

" Só irei apresentar o meu substituto faltando seis meses para as eleições de 2012", afirma Agenor Neto

Numa demonstração de serenidade e responsabilidade Agenor Neto demonstra que não irá entrar no clima de Eleições 2012 como foi plantando na cidade pelo grupo político do Marcelo Sobreira. Em entrevista no programa A Hora do Povo da Rádio Liberdade AM, o prefeito de Iguatu falou sobre muitos projetos para a cidade e afirmou que só irá apresentar o nome do seu substituto faltando seis meses para as Eleições em 2012. Está corretíssimo o representante do executivo iguatuense, este não é momento para tal atitude mas de trabalhar e trazer o bem estar para o povo iguatuense.

CBF altera data de jogo do Ceará e depois volta atrás

A partida entre Palmeiras e Ceará válida pela 30ª rodada do Brasileirão sofreu alteração quanto à sua data. Marcada para o dia 17 de outubro, a partida foi atrasada para o dia 16. Mas a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) voltou atrás.

Depois de mudar a data do jogo para o dia 16 de outubro, a CBF resolveu manter a data do dia 17. Assim, o confronto será mesmo no domingo, 17, às 18h30min, na Arena Barueri, em Barueri/SP.

Cantora Aline Barros irá se apresentar em Iguatu

Na tarde desta quinta-feira, 07, o prefeito Agenor Neto em entrevista ao programa A Hora do Povo confirmou a presença da cantora gospel Aline Barros no "Iguatu Natal de Luz". É sem dúvidas o maior nome da música gospel e mais uma vez o gestor municipal acerta na vinda de uma garnde atração. Por falar no Iguatu Natal de Luz, a equipe da Prefeitura Municipal de Iguatu já está produzindo um projeto que sem dúvidas será o maior evento natalino de todos os tempos no interior do Ceará.

No Brasil morre mais que no Iraque e Paquistão!

Segurança pública: um assunto que precisa ser muito debatido neste segundo turno das eleições. É a oportunidade de nós, eleitores, batermos no peito e dizermos: “nostra culpa”. É lamentável termos que fazer isso, mas fomos deixando. Viramos um país fora da lei. Acreditamos nas mentiras das autoridades, que justificam o crescimento do crime dizendo que no mundo é assim. Agora, eu ouço na rua brasileiros e brasileiras pensando em ir morar no Chile, onde há segurança.

Segurança pública: um assunto que precisa ser muito debatido neste segundo turno das eleições. É a oportunidade de nós, eleitores, batermos no peito e dizermos: “nostra culpa”. É lamentável termos que fazer isso, mas fomos deixando. Viramos um país fora da lei. Acreditamos nas mentiras das autoridades, que justificam o crescimento do crime dizendo que no mundo é assim. Agora, eu ouço na rua brasileiros e brasileiras pensando em ir morar no Chile, onde há segurança.


Somos um país incomparável: 50 mil homicídios por ano. Isso dá 137 assassinatos por dia. É um avião grande caindo todos os dias e nós não nos escandalizamos com isso. No Rio de Janeiro, a convivência vem de longe, com a contravenção do bicho. E se espalhou para assaltos coletivos, arrastões. São Paulo tem crime que chegou a fazer ataques de guerrilha urbana. A capital do país imita Rio e São Paulo. Nem a organiza Curitiba escapa. Nem mesmo as cidades outrora pacatas do interior do Brasil.

Nós não nos damos conta de que no Iraque e no Paquistão, hoje, morrem menos pessoas de morte violenta que aqui, no nosso Brasil abençoado por natureza. Nós ajudamos a enfraquecer as leis abençoando a esperteza e julgando que lei é para trouxa. Nossas atitudes pouco civilizadas na desorganizada vida urbana brasileira.

Nós elegemos os que fizeram leis boas com o crime, que beneficiam os engravatados do crime, que dão exemplo para os menores. Os fora-da-lei têm mais direito que as vítimas. Os juízes são amarrados pela lei. Os presídios não recuperam. Enfim, nós deixamos. Algemamos nossa cidadania. Se não encontrarmos as chaves para abrir a nossa vontade de segurança, vamos condenar ao medo de reféns nossos filhos e netos.

Fonte: Alexandre Garcia

O que esperar de Dilma e Serra no primeiro debate?

O amor é lindo !

Discurso de Ciro está mais conciliador, diz Temer

Chamado pelo deputado Ciro Gomes (PSB-CE) de "chefe de um ajuntamento de assaltantes", o presidente do PMDB, deputado federal Michel Temer (SP), tentou contemporizar sobre a indicação do deputado para a coordenação de campanha de Dilma Rousseff (PT) no segundo turno da eleição presidencial.

Temer, que é candidato a vice-presidente na chapa petista, afirmou que a "fala" de Ciro Gomes está mais "conciliadora".

– Hoje eu vejo que o Ciro mudou sua fala, a fala dele hoje é mais conciliadora. Evidentemente que o PSB é um partido importante para a aliança e a presença de alguém do PSB é fundamental para o comando da campanha – disse ele, ao ressaltar que o PMDB também está "mais incorporado" à coordenação da campanha presidencial.

Michel Temer deve viajar pelo País nos próximos dias para reforçar as costuras feitas pelo PMDB em vários Estados em torno da candidatura petista. Amanhã pela manhã, viaja para a Bahia, onde se encontrará com o ex-ministro da Integração Nacional Geddel Vieira Lima (PMDB).

Estado

Sem notícias na primeira página, jornais bolivianos protestam contra lei antirracismo

A maioria dos jornais bolivianos saiu nesta quinta-feira sem notícias na primeira página e apenas com breves declarações sobre a liberdade de expressão. A medida foi um protesto contra uma lei que será votada pelo Senado e, se aprovada, determinará o fechamento de meios de comunicação que divulguem mensagens racistas.
O protesto não teve efeito imediato entre os que propuseram a nova lei, incluindo a maioria de parlamentares governistas e o presidente Evo Morales, de origem indígena. Em entrevista coletiva, Morales declarou nesta quinta que "chegou a hora de acabar com o racismo" e renovou as garantias à liberdade de expressão.
Proprietários de jornais e parte das organizações de jornalistas do país optaram pelo protesto quando a bancada governista no Senado anunciou que não previa suavizar as sanções aos veículos "racistas" contidas no projeto de lei aprovado previamente pela Câmara de Deputados.
Os únicos textos nas primeiras páginas dos jornais "La Prensa" e "El Diario" eram os dizeres "não existe democracia sem liberdade de expressão". Já o "Página Siete" publicou uma breve justificativa de sua rejeição à lei antirracista.
A maioria dos jornais do restante do país se somou ao protesto, mas o "La Razón", o diário de maior circulação de La Paz, e o estatal "Cambio" publicaram edições normais. 

Morales destaca que lei foi proposta por parlamentares indígenas

Os jornais rejeitaram especialmente dois artigos da lei: um que prevê o fechamento de meios de comunicação que cometam delitos racistas reiterados e outro que responsabiliza os jornalistas por eventuais mensagens racistas, anulando a imunidade de que eles gozam graças à Lei de Imprensa de 1925.
"A ameaça de que algum meio de comunicação seja fechado é uma possibilidade mais própria das ditaduras que da democracia", disse o "Página Siete", justificando sua página em branco.
Evo Morales deu a entender que as queixas do setor de mídia não vão frear a lei, que foi proposta inicialmente pelos primeiros parlamentares originários de povos indígenas na história da Bolívia, entre eles afro-bolivianos, que chegaram à Assembleia este ano nas chapas governistas.
O presidente também confirmou que a Federação dos Empregados da Imprensa de La Paz pediu que o regulamento preveja que, no caso extremo de fechamento de um veículo de imprensa, sua licença e seus bens passem a pertencer aos funcionários.

O Globo

Sponholz

Marta diz que PT foi arrogante na eleição

A senadora eleita por São Paulo, Marta Suplicy (PT), afirmou ontem que o PT foi "arrogante" e que agora o partido terá que "suar a camisa" para recuperar os votos que Dilma Rousseff (PT) perdeu no final do primeiro turno.

"Acho que fomos um pouquinho arrogantes, achando que íamos ganhar no primeiro turno. Eu achei, tinha certeza de que íamos ganhar também", afirmou a ex-prefeita de São Paulo durante entrevista à rádio "CBN".

Segundo Marta, a recuperação de Dilma independe da posição do PV e de Marina. A ex-prefeita diz ter sentido, entre os eleitores, o impacto do noticiário negativo para Dilma, como os casos das quebras de sigilos fiscais, o suposto lobby na Casa Civil, além da polêmica sobre o aborto.

"Quando começou aquela história de quebra de sigilo veio um pouco de ruído, mas nada que afetasse. Quando veio o caso Erenice o ruído foi maior, porque aí as pessoas começaram a se indagar: 'O que é isso que está acontecendo?'", disse.

Marina ataca apetite da direção do PV por cargos

 Por BERNARDO MELLO FRANCO

Em reunião fechada com aliados, a candidata derrotada do PV à Presidência, Marina Silva, atacou ontem a gula de dirigentes do partido por cargos e afirmou que não vai "se apequenar" nas negociações do segundo turno.
Ela se mostrou irritada com a intenção do núcleo da campanha de José Serra (PSDB) de oferecer quatro ministérios em troca do apoio do PV, como noticiou ontem o Painel.
Em tom de ironia, Marina criticou o fisiologismo de parte da cúpula verde, sugerindo que a oferta seria alta demais para alguns dirigentes de seu partido.
"Quatro ministérios pro PV... Caramba! Do jeito que tem gente aí, basta pensar num conselho de estatal, já estaria muito bom. Certo? Tem esse tipo de mentalidade", disse ela.
A senadora reclamou do assédio a aliados e prometeu não se curvar à "velha política", referindo-se à oferta de espaço no futuro governo. Segundo ela, seus eleitores cobram "postura e valores" diferentes. "Quem estiver oferecendo cargo não entendeu nada do que as urnas disseram", afirmou.

"MAIOR QUE NÓS"
Marina insistiu que ela e seus apoiadores não podem "se apequenar" nas conversas com PT e PSDB. "Nós sabemos que esse movimento [sua candidatura] é maior que nós. Não podemos nos apequenar como vão querer que nos apequenemos."
Ela também demonstrou incômodo com a sugestão de que apoiaria Dilma Rousseff (PT) por gratidão ou amizade ao presidente Lula, indicando que não cederá a um apelo emocional do ex-chefe.
"Não pode [...] achar que é uma discussão de amizades históricas, por mais viscerais, umbilicais, cardíacas que elas possam ser."
Marina disse ter ficado "muito triste" com reportagem da Folha publicada no sábado, um dia antes da eleição, mostrando que a cúpula do PV já se inclinava a declarar apoio a Serra. A senadora ressaltou que ainda estava "desesperadamente lutando" para ir ao segundo turno.
Ela falou a cerca de 60 aliados, entre assessores, ambientalistas e colaboradores de seu plano de governo. O grupo passou quatro horas e meia a portas fechadas, discutindo o segundo turno. A maioria defendeu a neutralidade da senadora.
Entre os presentes, estavam o vice Guilherme Leal, o coordenador da campanha, João Paulo Capobianco, e o teólogo Leonardo Boff.
A reunião só foi aberta rapidamente para o registro de imagens, mas a Folha apurou o que foi discutido.
Mais tarde, em entrevista, Marina voltou a indicar que pretende se declarar neutra. "Vou me expor ao processo para uma tomada de decisão. Isso é diferente de quando falam em apoio a este ou aquele candidato", pontuou.
Ela afirmou que anunciará sua decisão dia 17, em convenção do PV em São Paulo. Por exigência dela, terão direito a voto, além de dirigentes, religiosos e militantes sem filiação partidária.
Mesmo assim, a senadora disse que pode não acatar a decisão da maioria. "Não sei se vai haver convergência entre minha posição e a do PV."
Em público, ela evitou críticas à cúpula do partido, mas disse que não se guiará "em hipótese alguma" pela oferta de cargos. Disse que se reunirá com Dilma e Serra na semana que vem e levará um resumo de sua plataforma para orientar as conversas.
Mais cedo, o presidente do PV, José Luiz Penna, negou a jornalistas que o partido seja fisiológico. "Vocês ficam sempre reduzindo tudo a cargos. O nosso negócio são programas. Nós sempre tivemos uma política de alianças programáticas", afirmou.
A sigla ocupa cargos em governos de PT e PSDB. No federal, controla o Ministério da Cultura. No paulista, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

Ceará vence o Internacional no Castelão

Depois de cinco jogos sem vitórias, o Ceará bateu o Internacional por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Castelão, em partida válida pela 28ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.
O gol da vitória saiu aos cinco minutos da etapa final. Heleno recebeu a bola do estreante Reina, da entrada da área, e chutou forte no canto esquerdo de Renan.
Com a vitória, o Vovô acumulou 35 pontos ganhos e subiu para o 12ª lugar na tabela, dentro da zona de classificação da Copa Sul Americana. Já o time gaúcho é o quarto colocado, com 44 pontos.
Na 29ª rodada do Brasileirão, o Alvinegro volta a jogar no Castelão, desta vez contra o Guarani, no próximo domingo, 10, às 18h30min.
BRASILEIRÃO
CEARÁ – Michel Alves; Boiadeiro, Anderson, Fabrício e Vicente; Michel, Heleno, João Marcos e Reina
Careca); Magno Alves (Mizael) e Marcelo Nicácio (Jean Carlos). Técnico: Dimas Filgueiras
INTERNACIONAL – Renan; Daniel, Bolívar, Sorondo e Nei; Glaydson, Guiñazu, Andrezinho, Edu (Oscar) e Marquinhos (Leandro Damião); Alecsandro (Ilan). Técnico: Celso Roth
Local: Estádio Castelão
Data: 6/10/2010
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio-DF
Auxiliares: Cesar Augusto de Oliveira Vaz-DF e Carlos Emanuel Manzolillo-DF
Cartões amarelos: Heleno, Michel, João Marcos, Jean Carlos (Ceará); Sorondo, Andrezinho, Guinazu, Glaydso (Internacional)
Gol: Heleno, aos 5’/2T (Ceará)
Renda: R$ 173,157,00
Público: 15.897 pagantes e 1.902 não pagantes

Não é hora para pensar em 2012 e sim de trabalhar por Iguatu

É decepcionante o clima de Eleições para 2012 que já se encontra nas ruas de Iguatu, dias após o término das eleições deste ano. Alguns políticos vão às emissoras de Rádio e até utilizam sites políticos para declararem que a Deputada Estadual eleita neste pleito estará na disputa pela Prefeitura de Iguatu, “ que este é o seu sonho”....
Não amigos, este não é o momento para isto. Há poucos dias, milhares de eleitores saíram das suas casas convencidos pelas promessas de campanha de vários políticos e após a abertura das urnas eles estão esperando pelo cumprimento destas palavras.
Em Iguatu observamos nestes dias a euforia e a ansiedade de alguns oposicionistas à gestão municipal e lançam aos quatro cantos um confronto pela prefeitura local para 2012. Uma demonstração de imaturidade política que nos assusta. Sinceramente, queríamos ouvir palavras de trabalho pelo povo do Ceará, de comprometimento com uma população que depositou o seu voto de confiança e de esperança por dias melhores.
Acho que já vivemos em Iguatu neste último final de semana um clima de guerra que jamais podemos aceitar em pleno século XXI e mesmo assim facções políticas plantam na sua emissora de rádio iguatuense um novo confronto.
Fico tranqüilo ao observar a mistura de alegria e responsabilidade que os Deputados reeleitos Zezinho e Aníbal Gomes demonstraram em suas entrevistas. Comemorar sim, mas planejar o que fazer pelo povo iguatuense é definitivamente o mais importante neste momento.
As declarações de um confronto pela prefeitura Municipal de Iguatu em 2012 como estão fazendo alguns simpatizantes da candidata Mirian Sobreira demonstra um plano não de governo mas de poder e isto é lamentável e precisa ser revista tal imaturidade.
Que venha mais investimentos e somem-se aos mais de R$ 150 milhões de reais que já estão no planejamento de Agenor Neto para os próximos anos. Que prevaleça neste momento o pensamento único de retribuir o voto de confiança que foi colocado para cada candidato. Lembrando sempre que as eleições passaram, mas a responsabilidade fica não apenas para os políticos eleitos, mas para cada cidadão que deve exercer o seu papel de fiscal e observar se as promessas feitas em palanques serão cumpridas ou não. Isto é cidadania, isto é democracia.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails