quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

ÁUDIO- Coordenadora da FECLI fala sobre o fim da greve


A coordenadora da FECLI, Lilian Couras foi entrevistada nesta manhã pelo radialista Tércio Júnior e a mesma falou sobre o fim da greve e o retorno dos alunos às aulas, para quem quiser ouvir a entrevista completa basta clicar aqui.

Termina greve de professores da Uece

Depois de 90 dias em greve, os professores da Universidade Estadual do Ceará, decidiram ontem, em assembléia geral, encerrar a paralisação e continuar em estado de greve, ou seja, mobilizados. A partir de hoje, eles já podem voltar às salas de aula, mas um calendário de reposição ainda será negociado entre os docentes e a Reitoria da Uece. A decisão de encerramento da greve foi tomada após acerto verbal com o reitor Jader Onofre de Moraes, que também compareceu à assembléia dos professores. Ele se comprometeu em retirar a ação na Justiça que considerava o movimento grevista ilegal e também garantiu que não haverá nenhuma retaliação aos docentes e estudantes. “Não há nenhum motivo para retaliação”, afirmou. Há 20 dias, a greve foi considerada ilegal pelo juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública, Paulo de Tarso Pires Nogueira. A alegação da Procuradoria Geral da Uece contra o movimento era de que o sindicato da categoria não detinha 10% do total de professores associados. No entanto, os grevistas não desanimaram e mantiveram a paralisação e o número de associados já passa de 200 professores. Segundo o advogado das três universidades - Uece, Urca (Regional do Cariri) e UVA (Vale do Acaraú) -, Inocêncio Uchôa, com o fim da greve, o objeto da ação movida pela administração superior deixa de existir e o movimento pode, assim, decretar novamente uma greve sem prejuízos legais. A assembléia dos professores da Uece foi iniciada com mais de uma hora de atraso, depois de encerrada a assembléia unificada das três instituições. Além de estudantes e servidores, participaram da assembléia unificada parlamentares da bancada governista. O líder do governo na Assembléia Legislativa, Nelson Martins, serviu de porta-voz do Governador, retomando acertos da audiência da terça-feira. “É um compromisso do governo discutir democraticamente essas questões”, frisou o parlamentar. A maior vitória do movimento unificado dos professores foi a abertura da mesa de negociações. Ao longo de todo o ano de 2007, as propostas da categoria não foram discutidas pelo governo estadual. Fonte: Diário do Nordeste

FOTOS - Posse da nova diretoria da APAE

Polícia Militar encontra moto roubada no Bairro do Prado

No dia 13/02/08, por volta das 21h30, na rua Manoel Alexandre, s/n, bairro Prado, Iguatu-CE, em uma casa desabitada, foi localizado o veiculo moto SUZUKI 125, ano 1998, cor vermelha, placa HWF-2989, chassi 9cdnf41bjwm009261, proprietária MARIA DE LOURDES LAVOR FERNANDES, o qual consta no sistema INFOSEG queixa de roubo.A Polícia Militar, através da VTR RP-2212, após tomarem conhecimento, através denúnia anônima, compareceram ao local, e localizaram o veiculo, em seguida conduziram para a DRPC de Iguatu-CE, para adotarem os procedimentos legais.

Ceará fica na lanterna em geração de emprego

O internauta do Blog de Iguatu, Luiz Vasconcelos nos enviou esta notícia que destacamos em nossa página na qual relata a péssima atuação do nosso estado na geração de emprego em 2007.Faça a sua notícia ficar em destaque também , envie para o Blog de Iguatu através do seguinte e-mail: noticias@iguatu.net . Na comparação dezembro 2007/dezembro 2006, o emprego cresceu 3,5%, décima oitava taxa positiva consecutiva, com expansão em doze dos quatorze locais e em doze dos dezoito ramos pesquisados, informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São Paulo (5,6%), Paraná (5,5%), região Norte e Centro-Oeste (3,6%) e Minas Gerais (2,8%) figuram com as contribuições mais significativas para o total do país. Nesses estados, o contingente de trabalhadores aumentou principalmente nos segmentos produtores de bens de consumo duráveis (automóveis e eletrodomésticos), de bens de capital, além de setores tipicamente exportadores, particularmente de commodities alimentares. Em termos setoriais, no total do país, os impactos positivos mais significativos na média global foram meios de transporte (12,3%), máquinas e equipamentos (11,4%), produtos de metal (11,5%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (12,8%) e alimentos e bebidas (3,1%). Por outro lado, Espírito Santo (-4,4%) e Ceará (-0,3%) assinalaram as duas únicas quedas regionais, enquanto calçados e artigos de couro (-8,9%), vestuário (-3,0%) e madeira (-5,6%) exerceram as influências negativas mais relevantes entre os segmentos. No último trimestre de 2007, o emprego na indústria cresceu 3,6%, resultado mais elevado desde os 4,1% observados no período outubro-dezembro de 2004, ambas as comparações contra igual trimestre do ano anterior. Este indicador mantém trajetória ascendente desde o primeiro trimestre de 2006 e seqüência de seis períodos com taxas positivas. A aceleração observada entre o terceiro (2,3%) e o quarto (3,6%) trimestres ocorreu na maior parte das atividades (15) e dos locais (11) pesquisados. Entre os setores, sobressaíram os avanços de máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (de 5,2% para 11,1%), produtos químicos (de 0,9% para 5,6%), máquinas e equipamentos (de 8,6% para 10,9%) e meios de transporte (de 9,5% para 11,8%). Entre os locais, os destaques entre os dois períodos foram: Pernambuco, que passou de -3,7% para 0,4%, Bahia (de -0,9% para 2,6%), região Norte e Centro-Oeste (de 1,1% para 4,1%) e São Paulo (de 3,7% para 5,7%).

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails