segunda-feira, 1 de novembro de 2010

CNBB pede que Dilma e demais eleitos sejam fieis "no cumprimento das promessas"

Em nota oficial, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) parabenizou os vencedores das eleições deste ano, “de maneira especial”, a petista Dilma Rousseff, eleita a primeira presidente mulher do Brasil neste domingo (31), depois de derrotar o tucano José Serra.

No documento, intitulado “Saudação aos eleitos”, a CNBB diz esperar, tanto da presidente quanto dos demais eleitos “fidelidade no cumprimento das promessas apresentadas durante a campanha eleitoral”.
“Pesa sobre os ombros de cada um dos eleitos a responsabilidade de corresponder plenamente às expectativas e à confiança, não só de seus eleitores, mas de toda a Nação brasileira”, diz outro trecho da nota, que também pede que os brasileiros acompanhem de perto os mandatos dos eleitos.
"Cabe, agora, a todos nós, brasileiros e brasileiras, a irrenunciável tarefa de acompanhar os eleitos no exercício de seu mandato, a fim de que não se percam nos caminhos do poder de que foram revestidos".
Ao longo da campanha do segundo turno, o tema religião ganhou destaque, especialmente com a polêmica sobre o aborto. No dia de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, panfletos de autoria da Regional Sul da CNBB foram distribuídos em Aparecida, pedindo votos apenas em candidatos que fossem contra o aborto e sugerindo que o PT defendia a prática. A CNBB negou relação com material.

UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails