quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Eunício Oliveira perto de assumir o comando nacional do PMDB

Michel Temer (PMDB-SP), vice-presidente eleito, renunciará à presidência do PMDB dias antes de assumir o novo cargo. O deputado federal cearense Eunício Oliveira (PMDB), eleito senador, é o nome mais forte para sucedê-lo no comando do partido.

Parlamentares peemedebistas afirmam que o senador eleito tem o apoio de Temer para sucedê-lo, além do voto da maioria dos colegas. Eunício afirma que seu nome “está à disposição”. “Está indo bem essa conversa, tenho de ter a humildade de dizer que não recusaremos um cargo como esse”.

Três vezes deputado federal, duas vezes líder do partido, ex-ministro das Comunicações, o deputado tem ainda a seu favor os 34 anos de filiação exclusiva ao partido. “Somos uma família de peemedebista”, afirma, referindo-se à ligação de seus pais e do sogro, o ex-deputado Paes de Andrade, com o partido.

Sua escolha para o lugar de Temer é tida como certa na Câmara. “Ele já vinha trabalhando para ocupar o cargo”, afirma o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG). Para o senador Gilvam Borges (PMDB-AP), sua eleição está assegurada. “Vai ser ele mesmo, não surgiu nenhum outro nome que se predisponha à disputa”.
 
(da Agência Estado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails