segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Opinião; Aécio Neves e a renovação do PSDB

Por Alex Santana
Agora é a vez de Aécio Neves que demonstra nos bastidores a oportunidade de encabeçar o PSDB para a oposição “com responsabilidade” fugindo da frieza paulista que mais uma vez sai perdendo nas eleições para presidente e pela terceira vez.
O mineiro terá dificuldades pela frente. O candidato derrotado José Serra já demonstrou que em 2014 pretende participar de um novo pleito, mas até lá o tucano mineiro deverá fazer o que sabe de melhor, que é dialogar com todos os tucanos do Brasil e conseguir o apoio necessário para uma candidatura em 2014.
Aécio Neves já percebeu que apenas a parceria com o DEM não é suficiente para uma base oposicionista. O mineiro irá apostar no desgaste que a Dilma Rousseff poderá ter com o grupo aliado que possui de vários partidos e neste momento conquistar siglas para sua base.
Mesmo sem estar no poder central o PSDB sai com uma grande vitória, governará para 47,5% do eleitorado nacional que comporta os oito estados comandados pelos governos tucanos. Destaque para a própria Minas Gerais e São Paulo que possuem os dois maiores colégios eleitorais.
Aécio Neves é sabedor também que o discurso que coloca FHC como o criador, iniciador, o pai do Plano Real e algo mais. Não cola mais. É um momento para o PSDB repensar nos seus valores e sair do pedestal que o separa dos demais partidos.
E sinceramente, após o término de mais uma eleição, os tucanos demonstram que na sua maioria são amigos de partido e que são na verdade, inimigos comportados. Este é um dos maiores fatores para mais uma derrota para presidente.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails