segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Conheça o homem acusado de planejar assalto ao Banco do Brasil de Iguatu

Advogado de defesa prometeu apresentar Jandercheiton Maciel à PF. Ele é caçado em vários Municípios

O ex-presidiário Jandercheiton Maciel Rabelo, acusado de participar de uma quadrilha recentemente desarticulada pela Polícia Federal, poderá apresentar-se, ainda hoje, na sede da PF. Ele está sendo procurado desde a semana passada, quando foi deflagrada a segunda etapa da ´Operação Dezoito´.

Jandercheiton teve prisão preventiva decretada pela Justiça. É acusado de participação em 29 assaltos contra bancos, agência dos Correios e ataques a ônibus de sacoleiros no Interior do Estado. Policiais federais fazem buscas nos Municípios de Quixadá e Morada Nova no sentido de detê-lo.

Apresentar-se

O advogado do acusado, Nunes Ramos de Lima, informou com exclusividade ao Diário do Nordeste que deverá apresentar o acusado ao delegado Francisco Bonfim, na manhã de hoje, na Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Patrimônio da PF (Delepatri).

A ´Operação Dezoito´ foi desencadeada com o objetivo de impedir o avanço dos ataques contra bancos no Interior. Usado armas de grosso calibre e até dinamite, os bandidos assaltaram em diversos Municípios cearenses, como Ibicuitinga, Pedra Branca, Banabuiú, Palhano, Aiuaba, Lavras da Mangabeira, Orós, Piquet Carneiro, Reriutaba e Monsenhor Tabosa.

Segundo as investigações da PF, o grupo já estava articulando-se para efetivar mais uma empreitada criminosa de grande escala no Interior. O alvo seria a cidade de Iguatu, onde os ladrões pretendiam roubar a quantia de R$ 22 milhões do Banco do Brasil.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails