quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Domingos Filho avalia sua gestão na AL

A sessão ordinária de ontem, na Assembleia Legislativa, foi dedica a despedida do presidente daquele Poder, deputado Domingos Filho (PMDB), que assumirá, a partir do próximo ano, o cargo de vice-governador do Estado. Durante mais de 3 horas ele destacou seu trabalho à frente ao Legislativo cearense e recebeu o cumprimento de todos os parlamentares presentes.
Eleito para presidir a Mesa Diretora da Casa para o biênio 2007 e 2008, o peemedebista foi reconduzido ao cargo para mais dois anos. Durante seu discurso, recebeu uma homenagem, através de um vídeo que mostrou as principais ações de sua administração.
Ele Filho destacou o início de sua trajetória na política, com a eleição em 1995 para seu primeiro mandato na Assembleia, sendo reeleito para mais três mandatos. “A atividade pública só pode ser conscientemente exercida por vocação. Não há como praticá-la de outro modo, sem desmerecê-la em sua origem, sem mutilar seus objetivos transcendentes, sem ofender sua filosofia social, sem desonrá-la em sua amplidão cívica”.
Domingos Filho comemorou o fato da sua legislatura ter tido a maior produção legislativa. Ele apontou todos os projetos implementados na Casa durante esses quatro anos, dentre elas: a reforma nos gabinetes; a construção do Complexo de Comissões; a ampliação do estacionamento e a construção do Anexo II, conhecido como Centro de Multiuso, dentre outras intervenções. O Anexo II, lembrou Domingos Filho, não será inaugurado na sua gestão, levará ainda 90 dias para isso.
Luta
A luta pela emancipação de distritos, também foi lembrada por Domingos Filho, o que acabou culminando em uma Lei de criação de novos municípios, aprovada em 2009 no plenário da Assembleia.
“Militante da causa municipalista, defendi, por absoluta convicção, a criação de novos municípios e pela recuperação por parte das Assembleias a prerrogativa de legislar sobre este tema, bandeira de luta que não desisti e porque haverei de me bater, sempre, em qualquer lugar ou função em que me encontre”, alegou.
Transparência
Além da Ouvidoria, que de acordo com Domingos Filho, recebeu mais de quatro mil sugestões, das quais muitas delas conduziram a sua forma de administrar, atestou.
O parlamentar salientou ainda outros instrumentos do Legislativo cearense, como o Conselho de Altos Estudos; Universidade do Parlamento; União Interativa do Legislativo Cearense, uma parceria, explicou Domingos Filho, com o Governo do Estado através da Secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado (Secitece) que permite o intercâmbio de informações entre os Poderes Legislativos, Estadual e Municipais; Instituto de Estudos e Pesquisas para o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp), dentre outros.
Servidores
Apesar de todas as iniciativas, Domingos Filho disse que ainda há um assunto que lhe incomoda e que está fazendo um grande esforço para resolvê-lo, o Plano de Cargos e Carreiras (PCC) dos servidores da Assembleia, pontuando que para isso, está conversando com Cid Gomes.
Ao final, ele agradeceu ao governador Cid Gomes, que também foi presidente da Casa e que segundo ele, preza pelo fortalecimento do Legislativo. “Essa legislatura teve a maior base de apoio parlamentar. Dos 46 deputados, 44 são da base aliada, mas mesmo assim em nenhuma outra legislatura tivemos uma relação tão aberta para o debate”, constatou.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails