quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Prefeito de Irauçuba decreta “estado de calamidade por falência financeira”

A cidade de Irauçuba está falida. A informação é do prefeito do Raimundo Nonato Sousa Silva, o Nonatinho (Foto) (PHS), que esteve na sessão plenária desta terça-feira (22), da Câmara Municipal. Ele disse que uma ordem judicial – em último instância – determina que a administração pública faça um depósito de R$1,4milhão referente a contribuições atrasadas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) saiu na segunda-feira (21).



O prefeito decretou ”estado de calamidade pública na cidade por falência financeira”. Segundo ele, correm na Justiça 80 processos de servidores contra a Prefeitura. Segundo Nonatinho, as administrações passadas recolheram o FGTS dos funcionários, mas não fizeram os depósitos na Caixa Econômica Federal. Aproximadamente, 320 servidores entraram na Justiça.

O prefeito marcou para esta quarta-feira (23), uma coletiva de imprensa para explicar o problema. O encontro está marcado para às 10 horas.

Este é o segundo mandato de Raimundo Nonato na administração da cidade de Irauçuba. De acordo com ele, as despesas mensais da cidade contabilizam mais de R$700 mil. Contudo, a Prefeitura arrecada só do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) cerca de R$650 mil. O gestor ressaltou que todo mês Irauçuba tem um défict de R$95 mil.

Fonte: Jangadeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails